Fórmula Truck: 410 quilos de lixo foram reciclados em Londrina

Recolher materiais que podem ser reciclados tem sido algo realizado em todas as etapas da mais popular categoria do automobilismo da América do Sul, que no dia 31 estará no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Santos (SP) - Preservar o meio ambiente tem sido uma prática comum nas etapas da Fórmula Truck em todo o Brasil. Na quinta corrida do ano, disputada no início deste mês em Londrina, cidade do Norte do Paraná, não foi diferente. Pessoas que trabalham com a reciclagem recolheram mais de 400 quilos de materiais que foram encaminhados para as indústrias de reciclagem e, além de evitar que fossem jogados nos lixões normais e poluíssem o meio ambiente, também geraram renda para várias famílias. Foram recolhidos 230 quilos de latas de alumínio e 180 entre embalagens de plástico e tetrapak.

``Temos feito esse trabalho em todas as etapas e o resultado é muito bom. Tudo o que é reciclável orientamos antecipadamente o pessoal dos camarotes e da cozinha a separar para facilitar o trabalho dos catadores. Essa ação será repetida no próximo dia 31 de julho em Interlagos, onde teremos a sexta etapa do ano, pois além de tudo ainda gera renda para muitas famílias carentes das cidades por onde passamos``, disse Neusa Navarro, presidente da Fórmula Truck.
 
Formula Truck

A mais popular categoria da América do Sul retorna ao Autódromo de Interlagos depois de um ano distante por motivos que fugiram do controle da organização. O templo do automobilismo brasileiro deve lotar para ver as brigas pela vitória, principalmente entre os líderes Felipe Giaffone, Diogo Pachenki e Paulo Salustiano, os três primeiros colocados na classificação geral.

Comentários