Carbone vence e lidera dobradinha da Renault


 Com pista molhada, Rubens Barrichello terminou em segundo seguido de Guilherme Salas e Vitor Meira, que agora só precisa de um 12º lugar para ser campeão

 
Mais uma dobradinha da Renault na Copa Petrobras de Marcas (Duda Bairros/Vicar)
A primeira corrida da oitava e última rodada dupla da Copa Petrobras de Marcas aconteceu com pista molhada na tarde deste sábado (12) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A equipe Full Time manteve a dobradinha do treino classificatório com os Renault Fluence, mas em ordem inversa: Fábio Carbone venceu pela terceira vez na temporada, seguido por Rubens Barrichello, com Guilherme Salas fechando o pódio com o Chevrolet Cruze.

"Não foi fácil. O Rubinho estava muito mais rápido que eu na classificação e acabou fazendo a pole, e no começo da corrida com chuva estava difícil porque não sabíamos direito onde estavam os pontos de melhor aderência. Felizmente consegui tracionar melhor que ele na saída da chicane para passar. Foi difícil de manter, porque o Rubinho também estava bem rápido - chegou a colocar do meu lado em uma volta - e no fim das contas estou bem feliz", disse Carbone, que venceu pela terceira vez na temporada.

O segundo lugar, analisado friamente, é um excelente resultado. Mas nem tanto para quem largou da pole position. Opinião de Rubens Barrichello. "Fica um gostinho de quero mais. Mas a verdade é que fora o fato de o Fábio ser muito rápido e guiar muito bem os carros de tração dianteira - e ele está de parabéns pela vitória -, eu estava com um problema no câmbio. Meu powershift não funcionava e eu tinha que usar a embreagem em todas as trocas. Com isso eu perdia muito - ainda mais na chuva. Tenho certeza de estivéssemos com pista seca nós teríamos uma chance melhor de ganhar. Mas estou feliz com o rendimento e para a Renault foi especial fazer primeiro e segundo", afirmou.

Briga pelo título - Mas foi atrás do trio que subiu ao pódio que a briga pelo título ganhou contornos finais visando a corrida que tem largada neste domingo (13) às 14h20. A disputa, que até hoje envolvia nove pilotos com chances matemáticas de título, se resume agora a três candidados: Vitor Meira, líder da competição e quarto colocado; Gustavo Martins, vice-líder e quinto colocado; e Nonô Figueiredo, quinto sexto colocado e em terceiro na tabela.

Com o grid invertendo os seis primeiros colocados da prova de hoje, o piloto do Chevrolet Cruze da Onze Motorsports sai na frente, seguido do Honda Civic do catarinense da JLM Racing e também do Honda do brasiliense da JLM Sport.

Meira foi a 214 pontos, 30 a mais que Martins e 34 à frente de Nonô. Com a vitória valendo 35 pontos em Interlagos, Meira se consolida como campeão se terminar em 12º lugar e alcançar os 220 pontos, já que o máximo que Martins e Figueiredo podem somar é 219 e 215 pontos, respectivamente.

"Mesmo assim, ainda não vou dormir tranquilo. Mas amanhã vou pilotar tranquilo pensando no título, sem correr riscos. Vou guiar igual uma vovó", brincou Meira.

A largada da grande final da Copa Petrobras de Marcas acontece às 14h20 deste domingo (13), com transmissão ao vivo pela Band.

Resultado da Corrida 1:
1-) 45 Fábio Carbone (Full Time Sports/Renault Fluence) - 13 voltas em 28min22s441 (média de 118,6 km/h)
2-) 111 Rubens Barrichelo (Full Time Sports/Renault Fluence) - a 1s512
3-) 12 Guilherme Salas (Onze Motorsports/Chevrolet Cruze) - a 2s126
4-) 3 Vitor Meira (JLM Racing/Honda Civic) - a 5s194
5-) 0 Gustavo Martins (JLM Sport/Honda Civic) - a 7s757
6-) 11 Nonô Figueiredo (Onze Motorsports/Chevrolet Cruze) - a 8s222
7-) 83 Gabriel Casagrande (C2 Team/Renault Fluence) - a 12s500
8-) 38 G.di Mauro/S.Ramalho (C2 Team/Renault Fluence) - a 14s193
9-) 17 Daniel Kaefer (RZ Motorsport/Toyota Corolla) - a 15s732
10-) 57 Felipe Tozzo/Mauri Zaccarelli (JLM Sport/Honda Civic) - a 15s786
11-) 43 Vicente Orige (JLM Racing/Honda Civic) - a 16s584
12-) 9 Rodrigo Baptista (Bassani Racing/Toyota Corolla) - a 17s295
13-) 31 Willian Starostik (Bassani Racing/Toyota Corolla) - a 18s292
14-) 88 Alberto Cattucci (KFF Pro Racing/Chevrolet Cruze) - a 39s398
15-) 1 Thiago Marques (RZ Motorsport/Toyota Corolla) - a 1 volta
NÃO COMPLETARAM
16-) 99 Cesar Bonilha (Jupiter Racing/Ford Focus) - a 5 voltas
17-) 555 Ayman Darwich (KFF Pro Racing/Chevrolet Cruze) - a 7 voltas
18-) 199 Marcelo Rocha (Jupiter Racing Team/Ford Focus) - a 9 voltas
MELHOR VOLTA: Fábio Carbone, 1min56s866 (132,9 km/h)

Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Comentários

Postagens mais visitadas