Porsche GT3 Cup Challenge realiza três corridas na programação do GP Brasil de F1

Foto: Luca Bassani

Pedro Piquet retorna para rodada dupla da classe Cup, que promete acirrar a disputa pelo título no geral e pode definir os campeões nas divisões Sport e Master; na classe Challenge prova terá quatro nacionalidades no grid, com o campeão JP Mauro estreando na preliminar da F1

Etapa mais aguardada do calendário da Porsche GT3 Cup Challenge e presente na programação oficial do GP Brasil de F1 desde 2005, a jornada da categoria será neste ano a maior dentro do principal evento do esporte a motor no país. O fim de semana reserva três provas com os carros de corrida mais vendidos no mundo: com rodada dupla pela classe Cup e uma pela Challenge.
Na década de história da Porsche GT3 Cup Challenge, apenas em 2006 (quando havia apenas a classe Cup), houve rodada dupla como evento preliminar da categoria máxima.
A introdução da terceira corrida no fim de semana impactou o cronograma da etapa, representando um desafio adicional aos pilotos da classe Cup. Eles terão seu primeiro contato com a pista a partir de meio dia desta sexta-feira, já para o treino classificatório.
No grid da Cup a novidade é o retorno de Pedro Piquet ao Porsche #6. No ano passado ele disputou sua primeira corrida com o Porsche de competição na preliminar da F1 em Interlagos, pela classe Challenge, vencendo de ponta a ponta –na classe Cup o vencedor foi o bicampeão e atual líder do campeonato, Constantino Jr com o Porsche #0.
A exemplo da etapa passada, em Curitiba, a Challenge é novamente a classe com maior número de países representados no grid. Além dos brasileiros e do chileno Gonzalo Huerta, que competem regularmente, a prévia da F1 tem inscrito mais uma vez o sul-africano Sun Moodley. Depois de impressionar vencendo de ponta a ponta com autoridade em junho no Velo Città, o argentino Esteban Gini está de volta com o Porsche #20 –e desta vez vem com o compatriota Manuel Mallo, competidor regular do Super TC 2000 e campeão argentino da Fórmula Renault 2.0 no ano passado.
Mas, com os campeonatos já definidos em seu favor, JP Mauro (geral) e Daniel Corrêa (classe Sport) chegam muito motivados para competir pela primeira vez na carreira no palco do GP Brasil de F1 e prometem acirrar ainda mais a disputa na Challenge, que tem 19 carros inscritos no grid –Flavio Sampaio e Marcelo Sant´Anna fazem sua primeira participação no ano e Paulo Tavares estreia na categoria.
As três provas da oitava e penúltima etapa do campeonato serão exibidas pelos canais Sportv ao longo da semana.

CAMPEONATOS
A segunda passagem da Porsche GT3 Cup por Curitiba coroou Ricardo Rosset como maior pontuador. Ele desbancou Miguel Paludo pela vice-liderança. Constantino Jr segue firme na ponta, encabeçando o clube de bicampeões. Em quarto, Ricardo Baptista voltou do Paraná mais distante do topo que de Daniel Schneider, que completa o top5.
Primeiro representante da classe Sport a vencer no geral sem grid invertido, o piloto do Porsche #77 pode garantir o título da divisão de entrada já neste fim de semana. Considerando os descartes, ele tem 17 pontos de vantagem e precisa ampliar a margem em cinco.
A Cup Master também pode sagrar Maurizio Billi como campeão antecipadamente. O dono da coroa para pilotos acima de 50 anos de idade em 2013 tem vantagem de 34 pontos (considerando os descartes) sobre Sergio Ribas com o Porsche #63 –restam 44 ainda em jogo em 2015.
Na Challenge a disputa ainda aberta é pelo vice-campeonato, entre Elias Azevedo, Cristiano Piquet e Fábio Alves. O piloto do Porsche #21 aparece em segundo na tabela, mas considerando os descartes está um ponto atrás de Piquet (174 a 173). Já o campeão de 2014 corre por fora: 18 pontos atrás, precisa vencer a prova e contar com insucesso dos concorrentes.


Declarações dos pilotos

A chave da etapa será uma boa adaptação no quali. Os pilotos conhecem Interlagos, mas faz tempo que não andamos lá e a condição da pista depois de um tempo em obras sempre é um fator novo. Vamos chegar direto para classificar o carro, então será um desafio porque tem a necessidade de ser rápido sem correr o risco de travar uma roda e depois perder posição no grid punido por precisar trocar pneu.
Meu objetivo é repetir o que fizemos na última prova, acabando bem e somando pontos. A vantagem da Sport é considerável, mas seria muito gratificante terminar entre os três ou quatro no geral. Então vamos focar na performance e deixar para fazer contas depois da bandeirada
Daniel Schneider, piloto do Porsche #77, líder da Cup Sport e quinto no geral


Tenho pensado bastante porque não ando em Interlagos há uns cinco anos. Então durante a semana revi algumas imagens minhas, mas vai ter que ser uma certa adivinhação, porque o carro era diferente então não há nem o acerto que dê para usar... E acima de tudo vamos ter um pneu mais mole, que vai precisar mudar o acerto de barras também para ser bem rápido
Miguel Paludo, piloto do Porsche #32 e terceiro colocado na classe Cup


A classificação direto vai ser um grande desafio, mais ainda porque devemos ter um novo composto de pneu, mais mole, que deve ser mais rápido. Estou bem acostumado com o carro e a pista também conheço, mesmo sem ter andado com o 991. Acho que não vai ser um problema e vou motivado para as duas corridas
Pedro Piquet, piloto do Porsche #6 e 13º colocado na classe Cup

Estou muito contente em estrear no evento da Fórmula 1 já como campeão e vou muito motivado para Interlagos. Gosto do circuito e normalmente ando bem. O que mais pretendo nesta prova é desfrutar do Porsche e me divertir. Acho que o lastro vai fazer diferença na subida e na reta, mas vamos estar rápidos.
O Esteban Gini é um excelente piloto e mostrou isso, mas Interlagos acho uma pista mais difícil que o Velo Città, tem seus segredos, então pode ser uma vantagem para quem conhece bem o traçado
JP Mauro, piloto do Porsche #27 e campeão da classe Challenge em 2015

Correr na preliminar da F1 sempre foi um sonho, estar no mesmo espaço da F1 e quem sabe ir ao pódio deve ser uma sensação única!
Só lembro que fui campeão quando alguém menciona... acho que não estava tão preparado para ser campeão em meu ano de estreia na categoria e fiquei muito impressionado com a repercussão que esse título trouxe: consegui patrocínios e diversos convites para correr provas de longa duração.
Agora, sem nenhuma pressão, minha meta é desfrutar desta pista maravilhosa de Interlagos e brigar pela vitória na categoria. Quero muito subir no pódio em Interlagos!!
Daniel Corrêa, piloto do Porsche #69 e campeão da Challenge Sport em 2015

Entrei no campeonato na segunda etapa, quando já havia começado. Com 40 pontos de desvantagem, o título sempre foi uma missão quase impossível. Então o foco foi conseguir bons resultados a cada prova. Então chego contente por ter ido ao pódio em todas as corridas que completamos
Cristiano Piquet, piloto do Porsche #8 e terceiro colocado na classe Challenge


Confira o cronograma oficial para a Etapa 8 – Interlagos:
Sexta-feira – 13 de novembro
12:00 – 12:35 – Treino Classificatório CUP
12:50 – Briefing
15:55 – 16:30 – Treino Livre CHALLENGE

Sábado, 14 de novembro
15:20 – 15:55 – Treino Classificatório – CHALLENGE
16:15 – 17:00 – Corrida 1 – (25 min + 1 volta) CUP

Domingo, 15 de novembro
09:00 – 09:35 – Corrida CHALLENGE (25 min + 1 volta)
10:00 – 10:35 – Corrida 2 – (25 min + 1 volta) CUP


BALANCE OF PERFORMANCE
Cup
Constantino Jr 50 kg
Ricardo Rosset 45
Miguel Paludo 40
Ricardo Baptista 35
Daniel Schneider 30
Lico Kaesemodel 25
Pedro Queirolo 20
Marcel Visconde 15
Rodolfo Ometto 10
Gil Farah 5

Challenge
JP Mauro 50 kg
Esteban Gini 50
Manuel Mallo 50
Elias Azevedo 45
Fabio Alves 45
Cristiano Piquet 40
Fabio Alves 35
Daniel Corrêa 30
Gonzalo Huerta 25
Tom Filho 20
Marcio Mauro 15
Rodrigo Mello 20
Ramon Alcaraz 10
Rodrigo Mello 5


Comentários

Postagens mais visitadas